Notícias

Acompanhe negociações com a BrasilCenter

06/11/2016 - 18h36 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

BrasilCenter terá de dar 9,91% para todos os salários

20140703_152810O  processo de Dissídio Coletivo da Brasil Center foi julgado na tarde desta quarta-feira, 23/11, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES). Foi mais uma vitória do Sinttel com os/as teleoperadores/as. Os desembargadores (juizes) praticamente mantiveram todas as cláusulas do Acordo Coletivo atual, firmado em 2015, concedendo o percentual de reajuste pedido pelo Sinttel: 9,91% para todos os pisos e demais salários.

Isso é justamente o contrário do que a BrasilCenter queria. Ela propôs – durante toda a negociação salarial para o Sinttel/ES – que o piso salarial fixado em 880 reais, desde janeiro/2016, continuasse assim, sem reajuste. Queria dar um calaboca de R$ 280 como abono. Já para os demais salários, ela oferecia o INPC de 9,91%, como reajuste, mais o tal abono.

Leia toda a matéria

Outras notícias – histórico da luta

Sem acordo, dissídio da BrasilCenter segue para relator (09/08/2016)

Dissídio Coletivo na BrasilCenter tem audiência (09/08/2016)

Veja o jornal Canal de Voz em que a BrasilCenter oferece ZERO de reajuste  (24/05/2016)

Telefonistas aprovam reajuste e Convenção Coletiva 06/05/2016

Telefonistas vão avaliar proposta do Seaces  – 04/05/2016

Sinttel abre campanha salarial 2016   – 16/02/2016

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Sinttel-ES