Notícias

Vox Populi: Lula fica mais forte depois de prisão ilegal

17/04/2018 - 8h51 - Sinttel-ES - Tania Trento
Imprimir

41% consideram que Lula foi condenado sem provas, 44% que a prisão foi injusta e 58% que ele tem o direito de ser candidato novamente à presidência

 RICARDO STUCKERT/IL

Lula vox

Pesquisa aponta que Lula recebe tratamento desigual por parte do Judiciário

São Paulo – Pesquisa do Instituto Vox Populi, realizada entre os dias 11 e 15 de abril, mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mantém a liderança nas intenções de voto para a próxima disputa presidencial e amplia vantagem sobre os demais candidatos, mesmo após ter sido preso.

Segundo o levantamento, 41% dos brasileiros consideram que Lula foi condenado sem provas, 44% consideram que a prisão de Lula foi injusta e 58% acham que ele tem o direito de ser candidato à presidência da República.

Na pergunta espontânea sobre intenção de votos para presidente da República, Lula marcou 39% (eram 38% na pesquisa Vox de dezembro).

Nos cenários comparáveis de segundo turno, Lula marca 56% x 12% contra Geraldo Alckmin (PSDB)  – eram 50% x 14% em dezembro– , 54% x 16% contra Marina Silva (Rede) – antes 52% x 21% – e 54% x 20% contra Joaquim Barbosa (PSB) – eram 52% x 21%.

vox-espontanea

Segundo o diretor do Vox Populi, Marcos Coimbra, a pesquisa mostra que aumentou o sentimento de que o ex-presidente é vítima de uma injustiça e de que recebe um tratamento desigual por parte do Judiciário”.

A pesquisa constata o aumento da simpatia ao PT e a diminuição da rejeição a Lula. “A prisão de Lula, da forma como ocorreu, parece ter afetado a visão do cidadão comum, de forma a torná-la mais favorável ao ex-presidente”, avalia Coimbra.

Com informações da Agência PT de Notícias

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES