Notícias

Vivo tem proposta de ACT2016/2018 aprovada

24/11/2016 - 13h12 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

Em assembleias realizadas no dia 21 de novembro, os trabalhadores da Telefônica/Vivo aprovaram a proposta apresentada pela empresa para a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho para o período 2016-2018.

Foram várias rodadas de reuniões de negociações até que uma proposta pudesse ser levada para a apreciação dos trabalhadores.

No Espírito Santo, a empresa condicionou a aplicação da proposta, que contempla o reajuste nos salários e benefícios e os pagamentos dos abonos previstos, à assinatura do ACT 2015-2016 que estava pendente de assinatura. Esta pendência foi motivada pela não aceitação das alterações ocorridas no Plano de Saúde a partir da implantação do BE Flex, para este grupo de empregados. Esta situação foi devidamente explicada na assembleia para os trabalhadores da “Vivo 2”, origem GVT. O Sinttel se comprometeu em tratar o assunto junto com os trabalhadores administrativos.

A empresa, ciente deste fato ameaçou não fazer o pagamento dos abonos previstos para serem pagos em dezembro, penalizando todos/as os/as trabalhadores/as. E claro, isto pode ter causado um reboliço. Mas a Diretoria do Sinttel estava atenta e procurou resolver a questão, sem que ninguém ficasse no prejuízo.

Na assembleia realizada na Vivo 1  no dia 21/11, após a aprovação da proposta do ACT 2016-2018, os trabalhadores solicitaram que fosse feita uma nova assembleia, exclusivamente para os administrativos e com a presença do Assessor Jurídico do Sinttel, para que ele fizesse os esclarecimentos sobre a tramitação do processo que o sindicato ajuizou na tentativa de garantir que a empresa mantivesse as mesmas condições previstas no plano fornecido pelo Bradesco. Esta nova assembleia foi realizada no dia 23/11 . E pós serem prestados todos os esclarecimentos pelo assessor jurídico e um debate os trabalhadores presentes, por fim, autorizaram o Sinttel a proceder a assinatura do ACT 2015-2016, mesmo tendo a consciência de que isto poderá ter influência na tramitação do processo ajuizado pelo Sinttel. Desta forma, a pendência que existia foi solucionada.

Assim, fica garantido o pagamento no dia 1º de dezembro dos abonos previstos na proposta da empresa.

Fica mais uma vez constatado que a Diretoria do Sinttel, tem responsabilidade no que faz e encaminha, sempre tendo como foco o que for melhor para os trabalhadores.

Portanto, não acreditem no que alguns supervisores/gerentes/coordenadores vociferam por aí, na tentativa de jogar os trabalhadores contra o Sindicato, no desespero de mostrar serviços para os gestores da empresa, ou mesmo defender seus interesses pessoais. Sempre confie no seu sindicato e não naqueles que só defendem o seu.

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Sinttel-ES