Notícias

Trabalhadores na BrasilCenter rejeitam ACT e aprovam PPR

22/05/2018 - 18h19 - Sinttel-ES - Tania Trento
Imprimir

Mesmo com a pressão exercida pela empresa, que queria casar as duas propostas, dizendo internamente para os trabalhadores que votando em uma proposta estava votando na outra automaticamente – o que não era verdade –  não deu certo. Os/as trabalhadores/as da BrasilCenter, o call center da Claro SA, em Vila Velha/ES, rejeitaram a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019, mas  aceitaram a proposta de PPR. A empresa pagará, em maio próximo ano, até o,6 salários como prêmio máximo dentro das regras do Programa de Participação nos Resultados aplicado neste ano de 2018.

O Sinttel até distribuiu um comunicado via redes sociais esclarecendo que as propostas não eram casadas e que os/as trabalhadores do call center poderiam optar separadamente, na cédula de votação.

A participação foi expressiva durante toda a tarde desta terça-feira, 22/05, em frente à empresa, onde foram montadas as urnas. Diretores do Sinttel-ES, estiveram na portaria da empresa na sexta e segunda-feira passadas distribuindo o Canal de Voz – jornal do Sindicato – informando as propostas da BrasilCenter para o ACT e o PPR/2018.

Acordo Coletivo de Trabalho

Participaram da votação 915 trabalhadores/as. Destes/as, 516 disseram NÃO (56,4%) para a proposta de reajuste salarial e dos benefícios de 1,56% (índice da inflação do período), rejeitando a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho. Aceitariam a proposta da empresa 318 trabalhadores/as (43,5%). Houve apenas uma abstenção.

Participação nos Lucros e Resultados

Aceitaram a proposta de pagamento de Participação nos Resultados (PPR) 668 trabalhadores/as (73%). Rejeitaram 243 e 04 trabalhadores se abstiveram de votar.

Vejam aqui as propostas de ACT e PPR da BrasilCenter

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES