Notícias

Trabalhadores da Telemont aceitam proposta de acordo coletivo

14/07/2011 - 8h30 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

Reunidos em assembléia, na noite desta quarta-feira, 13, no auditório do Ifes, (antiga Escola Técnica) em Jucutuquara, 240 trabalhadores da Telemont, aceitaram a proposta de reajuste.

Terceirizada da Oi, a Telemont emprega 750 empregados de manutenção da Operadora. Para evitar a pressão da chefia, que acompanhou de perto a condução da assembléia, a votação foi secreta.

Os trabalhadores, em fila, votaram na cédula que perguntava, apenas se eles aceitariam a proposta da Telemont. Em menos de meia hora, os técnicos, que ocupavam as três cabines de votação montadas no palco do auditório, decidiram pela proposta de reajuste salarial e de alguns benefícios do Acordo Coletivo de Trabalho 2011/2012. A apuração totalizou 76 votos contrários e 163 favoráveis. Houve uma abstenção.

A proposta aceita é:

Reajuste salarial: somente o INPC de 6,31% (sobre o salário de 1º de abril de 2011);

Reajuste no tíquete refeição: R$ 11,00 A partir de 1º de junho/2011;

Remunerar a produção: R$ 4,50;

Aluguel dos carros: R$ 671,00 e mantém o beneficio quando do afastamento do empregado, por motivo de doença, por até 15 dias. A empresa também pagará 50% nas férias do empregado;

Banco de Horas: instituir o banco de horas por 4 meses. O trabalhador que tiver horas para compensar tem que folgar dentro desse prazo. Se não folgar, a empresa tem que pagar. Somente as horas extras feitas de segunda a sexta-feira entram no cálculo do banco. Durante o descanso semanal remunerado (DSR) e feriados as horas extras devem ser pagas quando forem feitas.

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Sinttel-ES