Notícias

Sinttel pede explicações a Ezentis sobre desconto de Taxa Sindical

06/04/2021 - 20h01 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

Os trabalhadores da Ezentis no ES, representados pelo  SINTTEL-ES, estão revoltados com uma Taxa de Negociação Sindical que vem sendo descontada nos seus contracheques.

O canal de atendimento Whats App do Sindicato  – que está no grupo dos trabalhadores da empresa – percebeu as várias críticas, exigindo que o Sindicato devolva os valores descontados. Algumas mensagens são agressivas e usam de expressões acusando o SINTTEL-ES de  “roubar os trabalhadores” e que existe uma “máfia no sindicato”.

Em algumas mensagens, os trabalhadores manifestaram o desejo de desfiliação ao Sinttel-ES.

Veja uma dessas mensagens:

“A revolta é contra o Sindicato, porém, não sabemos do que se trata, pois não temos nenhum acordo com a empresa que estabeleça qualquer desconto e, ainda mais, sem que fosse autorizado pelos trabalhadores no ES”,  retruca o presidente do Sinttel, Nilson Hoffmann.

No inicio de março, os trabalhadores fizeram reclamações sobre os descontos. O SINTTEL-ES pediu que um trabalhador enviasse o contracheque para que fosse checado com a empresa. Porém, o trabalhador enviou uma imagem contento uma linha do contracheque, o que impossibilitou a apresentação, pois não tinha nada que identificasse a empresa.

“Notamos que os trabalhadores não quiseram apresentar o documento e, por isso, a empresa não foi questionada pelo SINTTEL-ES, mesmo porque não tínhamos e não temos nenhum acordo com a Ezentis que autorizasse tal desconto”, portanto, o esclarecimento deveria vir da Ezentis, esclareceu Nilson.

Diante das graves acusações, o presidente encaminhou um e-mail à Ezentis pedindo explicações sobre o referido desconto, uma vez que desconhecemos a taxa que está sendo retirada pela empresa.

O Sinttel reiterou que não autorizou nenhum desconto e pediu a Ezentis que apresente a lista com os nomes e os valores descontados e para qual sindicato foi enviado.

Ele defendeu a entidade e o respeito com que o Sinttel sempre tratou os associados e os não associados, enfatizando que se o dinheiro foi destinado ao Sinttel-ES será devolvido com juros e correção monetária. E se não foi, tomará as medidas judiciais cabíveis contra as acusações que vem recebendo de determinados trabalhadores, uma vez que o respeito deve ser mutuo. As acusações são graves e ferem a imagem pública do Sinttel-ES.

Abaixo o e-mail do presidente do Sinttel-ES à Ezentis

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES