Notícias

Sinttel-ES convoca assembleia na Vivo para avaliar proposta da empresa

12/12/2015 - 9h22 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

slide48Depois de ter a proposta de ACT 2015/2016 rejeitada em 12 dos 19 estados, a Vivo enviou correspondência à Fenattel fazendo uma contraproposta para ser avaliada pelos/as trabalhadores/as.

A empresa não melhora os reajustes e nem os benefícios, porém fez uma mudança, adiando para maio do ano que vem a implantação do monstrengo denominado BE FLEX que altera significativamente o modelo do plano de saúde existente. A empresa também aceita criar uma comissão para acompanhar e propor mudanças nesse modelo que ela vai implantar e aumentou uma merreca no abono do auxílio alimentação.

Ou seja, se mudou alguma coisa é quase imperceptível. Porém, como o processo negocial tem esse rito, o Sinttel vai levar a proposta, mesmo que medíocre, para a avaliação dos/as empregados.

É importante lembrar que a proposta de Acordo Coletivo da Vivo/GVT é uma das piores, juntamente com a do Grupo Claro para os/as trabalhadores/as. Impõe precarização sob a necessidade de aproximação gradual das cláusulas dos acordos coletivos. Essa aproximação gradual significa nivelar os benefícios em ambas as empresas, reduzindo as conquistas nos acordos da Vivo e GVT. Na Claro/Embratel vem acontecendo a mesma coisa.

Além de tudo isso, não oferece reposição integral das perdas salariais e prevê, a partir da fusão com a GVT, categorias distintas numa mesma empresa.

Em 12 estados, essa proposta está sendo colocada para avaliação.

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES