Notícias

PPR TIM: Federação Livre consegue reduzir pesos de indicadores

21/06/2021 - 13h15 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

21/06/2021 – 10h34 – Federação Livre – Redação

Segunda telerreunião de negociação do Acordo Coletivo do PPR/2021 entre a TIM e a FEDERAÇÃO LIVRE

Proposta da Operadora mantém o mesmo Target de 2,3 salários, mas aceita proposta da Federação Livre para reduzir peso do indicador da Receita Líquida e aumentar o do Objetivo Funcional. Assim, apesar do prêmio máximo não ter aumentado, como era REIVINDICAÇÃO inicial dos Sindicatos – não aceito pela TIM – a readequação dos pesos nos indicadores facilitará o atingimento de metas pelos/as empregados/as.

Em resumo, este foi o resultado da segunda telerreunião de negociação do Programa de Participação nos Resultados 2021 da TIM e a Comissão de Trabalhadores da Federação Livre, ocorrida no dia 17/06. Os SINTTELs do AM, CE, ES, PE, RJ, RN e RO colocam a proposta para análise dos/as empregados/as na quinta-feira, 24.

Além da possibilidade de aumentar as chances de conquistar o Target, a Federação Livre também conseguiu inserir na proposta da empresa:

1) Extinção do prazo de pagamento para os desligados, para que todos/as (ativos e desligados) recebam na mesma data, em Abril 2022. Este ano, a empresa pagou aos empregados no mês Abril e aos desligados pagará em 30 de junho.

2) Afastamentos por infecção pelo Coronavirus não serão  considerados “afastamento” dentro do PPR/2021. Esses afastamentos pela COVID-19 não serão computados como dias não trabalhados.

3) Manutenção do adiantamento de um salário até o dia 30/09/2021.

4) Assegura aos empregados transferidos o pagamento pelo período trabalhado na TIM.

Assembleia on-line para APRECIAÇÃO da proposta no dia 24/06 – quinta-feira – das 8 às 19 horas pelo www.votorapido.com.br

A representação da empresa – José Luiz Froes, Marcello Curvelo e Grazielle Viggiano – mostrou os recentes resultados da empresa. E no comparativo com os dados do ano passado, houve aumento no caixa, na receita líquida, no pagamento de faturas pelo PIX, aumentos nas vendas, entre outros resultados do 1ª Trimestre de 2021; e com isso todos os pesos dos indicadores ganham para o cálculo no pagamento do prêmio.

Para  a Federação LIVRE, as perspectivas de resultados apresentadas são boas e com as alterações propostas pela Comissão de Trabalhadores pode melhorar o atingimento de metas acima do Target proposto pela empresa.

Para o coordenador da Comissão de Negociação da LIVRE, Nilson Hoffmann, a TIM ainda precisa melhorar o prêmio de 2,3 salários. “O PPR na TIM ainda está abaixo do PPR na Claro que pagou entre 2,4 a 2,6 salários e o da Oi , 3,6 salários. O prêmio da TIM só se equipara ao da Telefónica/Vivo, que também precisa reconhecer o esforço dos/as empregados/as no seu programa. E esta será nossa meta na negociação com a empresa em setembro”, afirmou Hoffmann.

A comissão da Federação Livre na TIM é composta por Nilson Hoffmann (Sinttel-ES) – Serginho (SinttelRio), João Alberto (Sinttel-CE), Gilberto Pirajá (Sinttel-RN)  e José Félix (Sinttel-PE).

A Federação Livre mantém um canal de comunicação  livre@federacaolivre.org.br. Todas as informações e boletins informativos estarão à disposição no site e nas redes sociais.

    

 

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES