Notícias

PPR na TIM: Federação Livre reivindica aumento do target

20/05/2021 - 20h19 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

Aconteceu nesta terça-feira (19/05), a primeira telerreunião de negociação do Acordo Coletivo do Programa de Participação nos Lucros (PPR/2021) da Operadora Tim.

Foi uma reunião on-line em que a empresa apresentou, para a Comissão de Negociação dos Trabalhadores da Federação Livre, as condições econômicas atuais e também o cronograma de investimento e desenvolvimento projetado para este ano. É um pontapé para começar a discutir.

Froes,  gerente de Relações Sindicais na TIM

O representante da TIM, José Luiz Froes, explicou que com a compra da Oi, em consórcio com a Claro e a Vivo, a empresa terá que fazer grandes investimentos.

Proposta

Para o PPR desse ano, a empresa veio com uma proposta quase que idêntica a do ano passado, salvo pequenas alterações que não mudam metas, indicadores e o target – o prêmio máximo estabelecido. Este ano, trabalhadores/as na TIM receberam 2,3 salários de PPR, um dos menores prêmios pagos entre as operadoras.

A Comissão dos Trabalhadores/as, cujo coordenador é o presidente do Sinttel-ES, Nilson Hoffmann, já adiantou que este target precisa melhorar.

“Como justificar para os trabalhadores, que uma operadora como a Oi, em recuperação judicial, em plena pandemia e que nem apresentou crescimento no lucro, pague um PPR de 3,46 salários contra os 2,3 da TIM?”, questionou Hoffmann.

Outro argumento injustificável é o fato de todas as operadoras terem aumentado a produtividade e o lucro num ano difícil, em meio às severas crises econômica, sanitária e política, com quase 450 mil mortos pelo Coronavírus. “Mesmo com adoção do sistema de home office, os resultados da TIM mostram que os/as empregados/as seguraram a peteca, se empenharam num esforço coletivo  para bater as metas e fazer a empresa crescer. E isso precisa ser recompensado”, disse.

Próxima reunião

Será em meados de junho. A empresa ficou de estudar uma nova proposta e apresentar à Comissão da Federação Livre, que é composta por Nilson Hoffmann (Sinttel-ES) – Serginho (SinttelRio), João Alberto (Sinttel-CE), Gilberto Pirajá (Sinttel-RN)  e José Félix (Sinttel-PE). Qualquer dúvida ou sugestão para a negociação deve ser enviada pelo e-mail  livre@federacaolivre.org.br

Ligue-se nas redes sociais e no site da Federação Livre. Fique conectado para receber as informações. Filie-se, afinal ter um sindicato é um seguro para as horas mais difíceis, como agora, na pandemia.

Todas as informações e boletins informativos estarão à disposição no site e nas redes sociais da Federação e dos sindicatos no AM, CE, ES, PE, RJ, RN e RO.

     

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES