Notícias

Pauta de reivindicações aprovada, reunião na Vivo é dia 24

20/08/2011 - 9h11 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

As reivindicações serão encaminhadas à Federação Nacional (Fenattel) nesta segunda, 22/08. As negociações, visando o Acordo Coletivo de Trabalho 2011/2012, foram atencipadas a pedido da Vivo, depois da fusão com a Telefônica. Começam dia 24.

A assembleia com os trabalhadores (as) na Vivo aconteceu no final da tarde de quinta-feira (18), e foi realizada no auditório da empresa, em Vitória. Apesar da pequena participação dos empregados, o resultado das discussões foi muito positivo. porque houve intensa discussão.

Segundo a diretora Jurídica do Sinttel-ES, Rita Dalmasio, houve pouco tempo para convocar os trabalhadores, mas isso não prejudicou o resultado da assembléia, que objetivou levantar os problemas e sugestões que comporiam a pauta de reivindicações. Contribuições também foram recebidas pelo e-mail, enviados pelos trabalhadores das lojas na Grande Vitória e interior do Estado, que são unanimes em suas reinvindicações: Queremos Benefícios iguais.

O documento será encaminhado à Fenattel nesta segunda e, pelo calendário estabelecido com a Vivo, as pauta de todos os 22 sindicatos deverão ser negociadas a partir de quarta-feira (24).

Definido calendário e premissas da negociação coletiva com VIVO/Telefônica

A Comissão de Negociação Nacional esteve reunida com a Vivo e foi estabelecido um calendário e algumas premissas que nortearão as negociações salariais dos Acordos Coletivos de Trabalho 2011/2012 na Vivo e na Telefônica.

Para viabilizar uma negociação unificada a Vivo propôs antecipar o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) da Vivo, antecipando a data base de novembro para setembro, bem como negociar o Acordo de PPR simultaneamente ao ACT. A prioridade é da Vivo, já que o PPR da Telefônica está fechado. A Comissão Nacional concordou com a proposta e até terça-feira (23), encaminhará todas as pautas de reivindicações enviadas pelos 22 sintteis filiados à Fenattel.

A Vivo apresentou o programa das duas empresas, com seus respectivos históricos. Porém, não apresentou números do Balanço Financeiro, alegando que, por normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não podem divulgar a receita liquida de serviços, Ebitda e geração de caixa operacional.

Agenda de negociação

A agenda para todo o processo negocial ficou assim definida: dias 24 e 25 de Agosto; 01 e 02 de setembro e 08 e 09 de setembro como datas indicativas para fechamento de uma proposta de ACT a ser levada para assembleias. “Claro que isso dependerá de como as negociações irão evoluir nas rodadas agendadas”, disse o presidente do Sinttel, Nilson Hoffmann.

Regras

Entre as premissas para a negociação coletiva foram elencados alguns critérios:
• Definir critérios para uma aprovação nacional; como tratar eventuais reprovações:

• Concentrar a discussão na Comissão Nacional de Negociação.

• Negociar PPR junto ACT com a Vivo.

Plano de saúde para desligados

A Fenattel aproveitou a reunião para discutir outros assuntos, como o questionamento feito pelos representantes da Bahia sobre extensão do Plano Medico a desligados, uma vez que o tema é social e não apenas legal. A Empresa insistiu que a legislação só obriga a concessão quando existe pagamento de mensalidade do plano pelo empregado.

PPP aos demitidos

Foi questionado a concessão do PPP aos demitidos, que trabalharam desde a época da Fixa. A empresa informa, “não ter acesso à informações (dossiê) do empregado de 98 pra trás”. Porém, a questão é que os empregados necessitam do documento em seus processos de aposentadoria e no âmbito da Telefônica, a razão social Telesp continuou em vigor.

Oportunidades Internas. Quais são os critérios?

Os sindicatos querem conhecer os critérios que a empresa usa para avaliar, aprovar e/ou reprovar candidatos, mesmo o quando eles preenchem as exigências, perfil nos Critérios de Oportunidades Internas. A reclamação é que não há transparência do motivo que o desclassificou, ou quando a justificativa da empresa não satisfaz ao candidato.

O Sindicato de São Paulo fez alguns questionamentos específicos, pelo fato de que a maior parte da categoria atingida com a fusão é justamente nesse estado. Qual a previsão, por exemplo, de mais desligamentos por motivo da fusão. A empresa afirmou ter sido apenas os que aconteceram no dia 16/08, não devendo haver mais demissões por este motivo e que os critérios foram adequados a outros fatores, como sair por vontade própria, por tempo de aposentadoria, etc.

Vale Refeição e Alimentação

A Ticket é a empresa que fornecerá os VR e VA, embora ainda não se saiba a partir de que data. Os empregados foram informados no dia 16.08.11 da mudança e que se deu para melhorar o atendimento.

Demora para homologar rescisões de contrato

A comissão de negociação reclamou a demora no envio dos Termos de Rescisão de Contratos Trabalhistas (TRCT) para se realizar as homologações.

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Sinttel-ES