Notícias

Pagamento de 13º injetará R$ 173 bilhões na economia

12/11/2015 - 11h27 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

Até o próximo mês, o pagamento do 13º salário injetará aproximadamente R$ 173 bilhões na economia brasileira, de acordo com cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgados nesta quarta-feira (11).

A quantia equivale a R$ 2,9% do PIB. Ao todo, 84,4 milhões de brasileiros devem receber, em média, R$ 1.924,00 adicionais à sua renda. Em 2014, esse montante era de R$ 158 bilhões e cresceu 9,9% em termos nominais (sem desconto da inflação).

Por outro lado, o Dieese estima que o número de pessoas que receberá o 13º salário em 2015 será 0,3% inferior (cerca de 300 mil pessoas a menos) ao calculado em 2014, “em grande parte pela redução do estoque de empregos no setor formal”.

Neste ano, perto de 84,4 milhões de brasileiros serão beneficiados, segundo o Dieese. Em 2014, 84,7 milhões receberam 13º salário.

Na distribuição por região, o Sudeste receberá 51,3% do montante que entrará na economia do país com o pagamento do 13º salário. Outros 15,6% do montante a ser pago devem ser pagos na região Sul, enquanto ao Nordeste serão destinados 15,9%. Para as regiões Centro-Oeste e Norte, irão, respectivamente, 8,6% e 4,9%.

O cálculo do Dieese considera apenas os empregos formais. Não leva em conta os autônomos, assalariados sem carteira ou trabalhadores com outras formas de inserção no mercado de trabalho que, eventualmente, recebem algum tipo de abono de fim de ano, nem os valores envolvidos nesses abonos.

Do Portal Vermelho – 11/11/2015

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES