Notícias

Livre rejeita proposta das empresas de teleatendimento

03/04/2021 - 10h21 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

03/04/2021 – 9h05 – Federação Livre – Redação

A Federação Livre está discutindo uma Convenção Coletiva Interestadual do setor de teleatendimento, abrangendo os estados do AM, CE, ES, PE, RJ, RN e RO.  O sindicato das empresas – Sinstal – apresentou uma proposta que, na avaliação da Comissão de Negociação dos Trabalhadores, não merece ser considerada, pois além de não melhorar as condições salariais e dos benefícios, ainda joga o ‘custo do trabalho’ para os/as empregados/as em home office

No último dia 30 de março ocorreu a segunda telerreunião de negociação entre o Sinstal e a Comissão de Trabalhadores da Federação Livre para a renovação da Convenção Coletiva Interestadual do Teleatendimento, cuja data base é 1º de janeiro.

A proposta apresentada pelas empresas frustrou totalmente a expectativa da Comissão de Trabalhadores, vez que o reajuste de apenas 2,5% para os salários acima do piso salarial e dos benefícios está muito aquém do INPC acumulado em dezembro/2020 que foi de 5,45%, o mínimo necessário para repor as perdas salariais dos/as trabalhadores/as. Além disso, a aplicação desse reajuste seria somente em julho, isso sem nenhuma contrapartida indenizatória. A comissão da Livre rejeitou essa proposta descabida e solicitou uma outra proposta digna da apreciação dos trabalhadores.

Participaram desta reunião a Coordenadora da Comissão de Trabalhadores da Livre, Iara Martins (Sinttel-RN), Ricardo Pereira (SinttelRio), Deyse Vale (Sintte-RN) Makael Nascimento (Sinttel PE) Wilson Botto , Rodrigo Rosa (Sinstal/Feninfra), Natanael Brito, Fabiano Guimarães, Jota e Carlos Jordão (BrasilCenter).

Home office, a conta não é do/a trabalhador/a

Outro tema importante discutido na reunião, foi o custeio do home office, pois, na opinião dos dirigentes sindicais, as empresas devem garantir os instrumentos necessários para o trabalho, tais como computador, headset, condições ergonômicas (cadeiras, mesas, descanso para os pés, etc.) e, principalmente, um bom plano de internet, além de ajuda financeira para as despesas com a energia elétrica domiciliar.

Uma nova reunião está prevista para até 15 de abril, dando continuidade às negociações, quando a Federação Livre espera das empresas uma proposta séria e justa para remunerar o trabalho de teleatendimento.

A Comissão da Federação Livre para as negociações do setor de Teleatendimento está assim composta: Iara Martins (Sinttel-RN), Ricardo Pereira (SinttelRio), Deyse Vale (Sintte-RN) Makael Nascimento (Sinttel PE).

A Federação Livre mantém um canal de comunicação nesta campanha salarial  livre@federacaolivre.org.br. Todas as informações e boletins informativos estarão à disposição no site e nas redes sociais

     

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES