Notícias

É hora de reagir! 3% em janeiro do ano que vem, nem pensar

11/07/2021 - 9h48 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

O SINTTEL-ES teve três reuniões com o Sinstal (Sindicato as empresas prestadoras de Rede Externa para as operadoras) para discutir reajustes salariais e nos benefícios da Convenção Coletiva.

Os resultados dessas negociações são frustrantes. A choradeira dos patrões teve um objetivo: oferecer um reajuste mínimo e ainda somente em janeiro do ano que vem, como se os trabalhadores pudessem esperar até lá para pagar os aumentos da energia, do gás, da gasolina, dos alimentos, do aluguel.

As empresas choram todas as pitangas, negam o reajuste na data base e jogam para o ano seguinte. Foi assim em 2018, 2019, 2020 e agora 2021. Para as empresas a estratégia está dando certo. O que era para ser uma exceção está virando regra. E tem mais, os reajustes são cada vez menores em relação ao INPC.

Enfim, das reuniões nada saiu de positivo, nem abono, nem adiantamento de PPR. Não teve um “faz me rir”.

A estratégia da Telemont é elevar os pisos dos salários dos trabalhadores em outros estados e aqui, no ES, achatar, arrochar, até que os pisos salariais se equiparem novamente.
Ou seja, é explorar!

Então, companheiros/as, é hora de reagir.

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES