Notícias

CLARO atrasa as negociações e propõe o mesmo PPR

09/09/2022 - 13h18 - Sinttel-ES - Tania Trento
Imprimir

A primeira reunião de negociação para renovação do Acordo Coletivo da Claro aconteceu nesta sexta-feira, dia 09/09/2022, em um ambiente sóbrio. A empresa arrastou esse inicio até agora deixando CLARO que não acatou o que os sindicatos reivindicaram e ela havia afirmado positivamente lá atrás, em junho, em reunião de negociação do PPR2022. Não aconteceu a antecipação do processo. Já passamos nove dias da nossa data base e, só agora, iniciamos. Diferente de outras operadoras que já finalizaram e/ou estão em finalização da negociação.
A Comissão de Negociação que representa os sindicatos filiados a FITT-LIVRE presentes a reunião apontaram, preliminarmente, três itens cuja demanda se amplia dia a dia antes do inicio da negociação efetiva do Acordo Coletivo e do PPR 2022:
1) Plano de Saúde – deficiências do Plano de Saúde na realização de exames de média complexidade onde apontamos exemplos de negativa de realização de, pelo menos, dois tipos de exames já realizados em momentos passados e agora negados. A CLARO alegou a possibilidade de o exame não constar no rol da ANS, desconversou, jogou a responsabilidade para o trabalhador, que procurasse outros laboratórios/clinicas e devolveu a demanda. A LIVRE discorda desse tipo de tratamento e replica aqui que há muito mais dificuldades em relação a esse Plano de Saúde. E avalia realizar pesquisa nacional para coleta das demandas e dificuldades nesse ambiente;
2) Uso celular – a Comissão repetiu item debatido em nossa primeira reunião de rotina de 2022 sobre a dificuldade gerada pela CLARO para o registro de ponto e utilização do aparelho celular do trabalhador para execução de tarefas de rotinas da CLARO. Já realizamos essa discussão lá atrás. Mas permanece a dificuldade provocada, segundo a empresa, pela ampliação da segurança digital implantada após a invasão dos sistemas da CLARO em dez2021. Hoje o trabalhador precisa ter aplicativos em seu celular tanto para realização de tarefas quanto para o registro do ponto. Afirmamos para a empresa que este item está inserido em nossa pauta que este ano terá negociação apenas das cláusulas econômicas, mas faz parte da reivindicação de fim da discriminação interna para acesso a benefícios durante as férias e valores de vales refeição; pois há setores que tem acesso e recebem o aparelho fornecido pela empresa. Mas não são todos que conseguem e isso precisa ser tratado de forma igual para todos;
3) Registro Acordo Coletivo – até agora a CLARO ainda não devolveu os acordos 2021 para que sejam devidamente registrados na SRTE/ME e tenham sua validade jurídica homologada. A empresa apontou dificuldades na renovação da procuração por alguns diretores estarem em viagem. Mas informou que já providenciou 3 estados e que irá encaminhar os demais;

NEGOCIAÇÃO ACT/PPR 2022
A CLARO iniciou a negociação apontando respostas a nossos questionamentos realizados durante a reunião de junho para o PPR 2022. A empresa havia proposto retroceder em alguns critérios de acesso ao PPR em relação ao programa 2021. E a Comissão de Negociação LIVRE não aceitou. Hoje a CLARO afirmou que está retirando todos os itens apresentados e que retoma e acata aos mesmos critérios do programa 2021, reivindicação feita pelos sindicatos. Sobre o pagamento a empresa corrigiu sua proposta anterior e afirmou a data de pagamento até 30/04/2023, mantendo a mesma avaliação de antecipação dessa data para o período pré-carnaval, como já praticado.
A empresa ainda informou os resultados parciais do PPR 2022, alcançados até julho/2022:
Corporativo: 72,07%;
Consumo: 75,13%
Empresarial: 62,56%
(percentuais de alcance em relação ao target geral do programa = 3,6 salários)

Renovação ACT 2022
A CLARO apresentou uma avaliação de cenário colocando o impacto do streaming e da pirataria em relação a TV por assinatura. Na ocasião foi comentado o índice do INPC acumulado já divulgado que atingiu 8,83% e que é o índice de nossa pauta e reivindicações. Ainda citou possibilidade de crescimento do PIB e ambiente eleitoral.
Nossa posição é que o INPC é sempre uma referência. Mas não representa a correção necessária a manter nosso poder de compra igual – ou melhor – que o que tínhamos em setembro2021. Principalmente no item alimentação que o de maior impacto no nosso bolso.
Após discussões foi agendado novo encontro para o dia 15/09, próxima quinta-feira, para retomada da negociação do ACT2022.
Comissão LIVRE:
João Cezar-CE, Amaral-AM, Virginia e Dimas-RJ, Gilberto Pirajá-RN, Gilberto Oliveira-PE, Sandra Regina-RO e Nilson Hoffman-ES

Inscreva-se para receber notícias do SINTTEL-ES pelo WhastApp.
Envie uma mensagem com o seu nome (completo) e o de sua empresa para (27) 98889-6368

Pin It on Pinterest

Sinttel-ES