Notícias

Trabalhadores aprovam CCT 2018 nas prestadoras de serviço

07/11/2018 - 13h07 - Sinttel-ES - Redação
Imprimir

Por unanimidade, os trabalhadores, que participaram das assembleias realizadas pelo Sinttel para avaliação da proposta de CCT 2018, aprovaram os índices de reajustes salarial, nos pisos salariais  por função e benefícios. O Sinttel está providenciando a assinatura da CCT e o seu registro no Ministério do Trabalho, o mais rápido possível.

O Sinttel reuniu os trabalhadores das empresas Telemont, Hallen, Rochas, Mr-Tel, Centel, 7 Lan, dentre outras; e, principalmente, as que prestam serviços de rede externa para as operadoras Oi, Vivo e Claro em Serra, no dia  31 de outubro; em Vitória no dia 1º, em Cachoeiro de Itapemirim, no dia 5 e, em Colatina, no 6 de novembro de 2018.

Importante frisar que a negociação desta CCT 2018 é uma grande conquista para os/as trabalhadores/as das redes externas das operadoras, uma vez que foram negociados pisos salariais que valerão para todas as empresas, pondo fim à grandes diferenças salariais praticadas pelas prestadoras.

Essa convenção está agora, para ser assinada com o SINSTAL- Sindicato Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços e Instaladoras de Sistemas e Redes de TV por Assinatura.

A conquista desse instrumento normativo se deve à luta do SINTTEL-ES que, desde 2015, vem batalhando para que as prestadoras cumprissem a CCT 2015/2016 que, apesar de ter sido assinada pelo SINTTEL-ES e o SINSTAL, foi desrespeitada pelas empresas, o que gerou uma dezena de ações de cumprimento movidas pelo SINTTEL-ES na Justiça do Trabalho. Uma dela foi contra a Telemont, que durou mais de três anos, chegando até os tribunais superiores, forçando a empresa a propor um acordo de pagamento que está em vias de ser homologado pela Justiça e que beneficia 534 empregados e ex-empregados. Outra empresa que está pagando as diferenças dos pisos salariais desta CCT é a 7Lan.

Outra empresa que se antecipou e já está praticando os salários reajustados é a Hallen, que presta serviços para a Vivo. Os pisos salariais para as funções de cabista, intalador, multiskill, ligador, Instalador Reparador de Cabos Telefônicos e ADSL nesta prestadora já são pagos com os valores estabelecidos na CCT 2018 desde setembro.

Principais itens da proposta aprovada

Reajuste salarial:

Os salários vigentes em 30/04/2018 serão reajustados a partir de 1º de agosto de 2018 em 1% e em mais 0,69% em 1º de janeiro,  totalizando 1,69%, o que corresponde ao INPC do período de 12 meses anteriores à data base que é  1º de maio/2018.

Ou seja: Em 1 de agosto/2018 – 1% e
Em 1 de janeiro/2019 – 0,69%

Pisos salariais reajustados a partir de maio de 2018

Pisos Salariais

Maio 2018

Maio 2019

Outubro 2019

Instalador LA

1.100,76

1.111,77

1.116,00

Emendador

1.210,12

1.222,22

1.240,00

Técnico ADSL

1.405,25

1.419,31

1.463,00

MultiSkill

1.302,90

1.419,00

1.464,00

Demais pisos:
Menor piso a ser praticado nas empresas:
Diferenças dos pisos salariais

As diferenças salariais decorrentes dos pisos salariais serão pagas retroativamente a 1º de maio de 2018, sendo que a quitação se dará no pagamento do primeiro mês após a assinatura e registro da CCT 2018. Aqui depende também do registro da CCT no Ministério do Trabalho.

Auxilio Alimentação:

A partir de 1º de agosto de 2018 e para jornada de 44 horas semanais – R$ 19,00

E para jornada de 36 horas semanais –  R$ 13,50

 

Receba o Resumo de Notícias do Sinttel-ES no seu WhatsApp.
Mande uma mensagem (olá, oi, ei) pelo WhatsApp para o número (27) 98889-6368 e você será cadastrado.

Sinttel-ES